Amazônia 360º News
Portal de notícias socioambientais

-publicidade-

Wilson Lima e David Almeida assinam ordem de serviço para construção do Parque Gigantes da Floresta

O novo espaço de lazer será construído no bairro Novo Aleixo e é resultado do convênio de R$ 51,8 milhões entre Estado e Município

O governador Wilson Lima e o prefeito David Almeida assinaram, nesta quinta-feira (19/01), a ordem de serviço para a construção do Parque Gigantes da Floresta, no bairro Novo Aleixo, zona leste de Manaus. A obra é fruto de um convênio entre Governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus, no valor de R$ 51,8 milhões, sendo R$ 49,8 milhões de repasses do Estado e R$ 1,9 milhão de contrapartida do Município.

“Primeiramente, quero agradecer a Deus por estarmos aqui na zona leste, uma área pela qual tenho um carinho e um respeito muito grandes. Essa zona da cidade tem um significado para mim, significado na minha vida pessoal e profissional. É sempre muito emocionante estar de volta aqui e, principalmente, para fazer o anúncio de uma obra tão importante, que é significativa para quem mora nesta região”, disse Wilson Lima, ao ser recebido com aplausos próximo ao local onde morou.

Na presença de lideranças e moradores do bairro e adjacências, além de deputados estaduais, vereadores, secretários estaduais e municipais, além dos vices governador e prefeito, Tadeu de Souza e Marcos Rotta, respectivamente, o governador fez questão de ressaltar o resultado da parceria entre Governo do Estado e Município, com o lançamento e avanço de obras e serviços que têm beneficiado diretamente a população.

“Eu torço para que essa seja uma parceria onde não só agora, enquanto sou governador ou enquanto o David [Almeida] é prefeito, mas que dure por muito tempo, porque as prefeituras sozinhas não têm condições de tocar obras tão grandiosas como essa [do Parque Gigantes da Floresta]”, declarou Wilson Lima, ao citar exemplos como o Asfalta Manaus, o complexo da Bola do Produtor, o Passe Livre Estudantil 2023, além de regularização habitacional.

Além de espaço de lazer, cultura e turismo, o projeto contempla ainda a construção de um conjunto habitacional com 180 unidades e um Centro de Atendimento Psicossocial (Caps). A cerimônia de assinatura aconteceu no local da obra, entre as avenidas Isaías Vieiralves e Olívia de Menezes Vieiralves, nos bairros Novo Aleixo e Tancredo Neves, na divisa entre as zonas norte e leste.

“Sou grato a Deus por ter a oportunidade de estar à frente desta prefeitura e ter encontrado no Governo do Estado alguém com uma visão humanística, uma visão de um estadista, uma visão de alguém que ama sua população, despido de egos e vaidades. E quando o procurei, ele estendeu a mão para a cidade de Manaus e vocês estão vendo aí os efeitos e resultados desta parceria”, disse o prefeito de Manaus. “E esta união do governador Wilson [Lima] e do prefeito David Almeida tem trazido bons frutos para a cidade de Manaus. As zonas norte e leste serão vistas de outra forma”, completou.

O convênio para a realização desta obra foi assinado entre os Executivos estadual e municipal em junho de 2022, por meio da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), que está repassando os recursos ao Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), órgão municipal responsável pela construção do parque.

 

Parque temático

O Gigantes da Floresta será o primeiro parque linear e temático da cidade. A construção envolverá 149.374,41 metros quadrados de área, limítrofe ao igarapé do Mindu, na avenida Natan Xavier, no Novo Aleixo, que, agora, será mais uma opção turística da cidade. O projeto arquitetônico da Prefeitura de Manaus para o parque contempla faixa saudável, com pista de caminhada, faixa verde de arborização e ciclovia bidirecional, contendo paraciclos em sua extensão.

“Como morador do bairro há 30 anos, para nós é maravilhoso uma obra dessa”, destacou Melk Braga, professor de jiu-jitsu no bairro Novo Aleixo. “As pessoas usam [essa área] para praticar esporte, usam para caminhar. Eu mesmo faço treinamento de alguns atletas meus. Antes de competições, nós vínhamos para cá para fazer uma corrida, para fazer um treino. E com essa obra vai melhorar mais ainda, mais segurança, mais comunidade aqui para todos da zona norte, zona leste”, completou o professor que atua com, aproximadamente, 150 crianças e adolescentes.

Quiosques gourmet vão acomodar as atividades de alimentação, com áreas de mesas e decks integrados, incluindo conjuntos de banheiros públicos e playgrounds. Para os esportes, o parque terá duas quadras poliesportivas, três quadras de areia, três academias ao ar livre e um skate park. Contará, ainda, com área para apresentações culturais e atividades como a prática de zumba. Haverá espaços inclusivos para Pessoas com Deficiência (PcDs) e com mobilidade reduzida, e um play pet.

 

Saúde e habitação

O projeto contempla, também, um Caps, com 626,20 metros quadrados, e a construção de 180 unidades habitacionais no seu entorno, divididas em três blocos distintos de cinco pavimentos cada, com 101 vagas de estacionamento para carros e motos. Estes serão entremeados por calçadas arborizadas e playgrounds.

Na extremidade oposta ao conjunto habitacional será implantado o parque temático com esculturas de grandes dimensões alusivas à natureza amazônica, com uma diversidade de cenários interativos. Os espaços terão iluminação cênica direcionada, como também alguns vão contar com áreas molhadas com jatos d’água. Esculturas e figuras de grandes dimensões serão uma ode à Amazônia, com uma diversidade de cenários interativos, áreas molhadas, e brinquedos lúdicos e interativos para adultos e crianças.

 

Pacote de Obras

 

A construção do Parque Gigantes da Floresta integra um pacote de R$ 580 milhões de investimento do Governo do Estado na cidade de Manaus, que proporcionaram a assinatura de 20 convênios entre o Estado e Município para obras e ações diversas. Os recursos são resultados do protocolo de intenções assinado em outubro de 2021, entre o governador Wilson Lima e o prefeito David Almeida, para obras e ações voltadas à mobilidade urbana, como a que resultou no Passe Livre Estudantil, renovado para este ano de 2023, o Programa Asfalta Manaus, a reforma de feiras e mercados, entre outros.

Neste início de ano, Governo do Amazonas e Prefeitura de Manaus também assinaram ordens de serviço para as construções dos complexos viários Bola do Produtor (R$ 51,2 milhões do governo e contrapartida de R$ 1,2 milhão da prefeitura) – que receberá o nome de Viaduto Rei Pelé –, e Barão do Rio Branco (R$ 82,8 milhões, sendo R$ 80,3 milhões do governo e R$ 2,5 milhões da prefeitura) – Viaduto José Fernandes.

 

você pode gostar também