Amazônia 360º News
Portal de notícias socioambientais

-publicidade-

Sejusc reforça atendimentos e serviços de proteção e orientação a idosos na capital e no interior

Atendimentos também são realizados por meio do Ônibus do Idoso, unidade móvel da secretaria

A promoção, proteção e defesa dos direitos da pessoa idosa é a missão da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), por meio Secretaria Adjunta de Direitos da Pessoa Idosa (Seadpi). Para 2023, a pasta iniciou com atendimentos psicossociais, jurídicos, serviço social e projetos realizados na sede, atendendo de segunda à sexta-feira, das 8h às 14h, na rua do Comércio, Parque Dez de Novembro, zona centro-sul de Manaus.

Para garantir o amplo atendimento e acessibilidade de todo público, a secretaria também disponibiliza o Ônibus do Idoso, uma unidade móvel que leva os serviços à população para identificação e assistência em casos de violação dos direitos, além de fisioterapeutas e auxílios voltados à saúde.

Incluído no Centro Integrado de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa (Cipdi) da secretaria, a unidade móvel atendeu mais de 2 mil idosos na capital e nos municípios de Iranduba, Rio Preto da Eva e Itacoatiara, em 2022. O serviço deve voltar em fevereiro.

Recém-empossada, a titular da pasta, Jussara Pedrosa, ressaltou a continuidade dos projetos disponibilizados para as pessoas idosas neste ano. “As equipes já estão alinhadas para que possamos continuar prestando um serviço essencial ao nosso público. Em 2023, vamos ampliar nosso leque de oportunidades e cuidados”, afirmou.

Entre os projetos que serão continuados, estão o Idoso Empreendedor e o Projeto Vida e Saúde do Idoso Ativo que procuram levar qualidade de vida e bem-estar ao público, segundo a secretária executiva da Seadpi, Luciana Andrade.

“Por meio do projeto, nós atendemos atualmente cerca de 5 mil idosos na capital e interior, sendo 74 grupos distribuídos na capital e região metropolitana, além de Tefé, Amaturá e Parintins. Com isso, podemos garantir os direitos e levar atendimentos psicossociais, fisioterapias, atividades de educação física, dança, assistência social e jurídica, entre outros para os idosos”, pontua Luciana.

Dária Bindá, gerente do setor jurídico da Seadpi, comenta que todos os setores trabalham juntos para garantir o direito do idoso de maneira mais eficaz, sendo as orientações jurídicas um dos maiores requisitos da secretaria junto com o psicossocial.

“Um exemplo que posso citar é uma idosa que não estava podendo ver o marido por causa dos filhos, isso é um problema jurídico, mas também afeta o psicológico, por isso trabalhamos juntos para chegar a um fator comum do caso e garantir o direito deles de todas as formas, seja em um problema com o pagamento de uma conta de luz, de saúde, violências, de terras, empréstimos, familiar e entre outros”, explica a gerente.

 

Cadastro

 

Para participar do projeto Idoso Empreendedor, o idoso pode se dirigir à sede da secretaria com documento de identificação com foto, CPF, comprovante de residência e certidão de casamento, caso seja casado, e assim, ser cadastrado após triagem e verificação no sistema de acordo com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). O programa também funciona nas seguintes unidades do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC): Compensa, Galeria dos Remédios, Sumaúma, Leste e Parintins, das 8h às 14h.

E o Projeto Vida e Saúde do Idoso Ativo é realizado com grupos e associações de idosos cadastrados na sede da Seadpi.

 

você pode gostar também