Amazônia 360º News
Portal de notícias socioambientais

-publicidade-

Polícia detém suspeito de participação no desaparecimento de indigenista e jornalista

Um suspeito, identificado como ‘Pelado’, foi detido pela Polícia Militar. O suspeito foi conduzido para interrogatório por possível participação nos desaparecimentos do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira no Vale do Javari, na Amazônia. As informações são do jornal O Globo.

Na tarde desta terça-feira, a Polícia Federal deteve dois suspeitos de envolvimento no caso. Os pescadores identificados como ‘Churrasco’ e ‘Jâneo’ foram liberados após prestarem depoimento em Atalaia do Norte (AM).

Bruno Pereira era alvo constante de ameaças por combater invasores como garimpeiros e madeireiros na região do Vale do Javari, onde há a maior concentração de povos indígenas isolados no mundo. Ele e o jornalista Dom Phillips sumiram após um encontro com ‘Churrasco’ horas antes do sumiço ser relatado para autoridades.

“Segundo relatos dos colaboradores da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), essa semana a equipe recebeu ameaças em campo, além de outras que já vinham sendo feitas, e de outros relatos já feitos para a Polícia Federal e ao Ministério Público Federal em Tabatinga”, disse Beto Marubo, que participa da coordenação da Univaja.

No último sábado, antes do desaparecimento da dupla, o jornalista britânico teria feito imagens de três homens armados que ameaçavam os indígenas. Uma dessas pessoas seria um dos suspeitos ouvidos pela polícia, de acordo com a Univaja.

você pode gostar também