Amazônia 360º News
Portal de notícias socioambientais

-publicidade-

Na 82ª reunião de secretários de Segurança Pública, Wilson Lima destaca investimentos

Parte dos investimentos integra o programa Amazonas Mais Seguro, lançado pelo governador Wilson Lima em julho de 2021

Ao participar da 82ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp) nesta quinta-feira (02/06), o governador Wilson Lima destacou investimentos na melhoria da segurança pública, que abrangem novas tecnologias, modernização de armamentos, mais viaturas, revitalização de estruturas policiais e valorização dos policiais.

Esta é a primeira vez que o Amazonas sedia o encontro que reúne, presencialmente, 16 titulares das pastas de segurança e representantes das demais unidades da federação. A reunião ocorre no Centro Cultural dos Povos da Amazônia (CCPA), na zona sul de Manaus.

Desde 2019, o Governo do Amazonas tem tratado a segurança pública do estado com prioridade, ressaltou Wilson Lima. Parte dos investimentos integra o programa Amazonas Mais Seguro, lançado pelo governador em julho de 2021 e coordenado pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

“Nós temos feito investimentos como nunca antes. Nosso principal foco é o combate ao tráfico de drogas que tem originado os crimes na capital. Nós montamos nossa Base Arpão, vamos agora montar a nossa segunda Base Arpão ali no rio Negro, colocamos lanchas blindadas, armamento pesado para a nossa Polícia Militar, estamos trocando agora nossas armas de pistola PT 40 para pistolas Beretta”, ressaltou Wilson Lima.

Principal investimento tecnológico do programa, o Paredão é um sistema de videomonitoramento que conta com 500 câmeras, instaladas em pontos estratégicos de Manaus. Os equipamentos possuem tecnologia capaz de auxiliar na prevenção, investigação e solução de crimes. Desde que foi implantada, em outubro de 2021, a ferramenta já auxiliou na recuperação de 635 veículos com restrição de roubo ou furto.

Para dar melhores condições de trabalho aos policiais militares e aos policiais civis, o Governo do Estado investiu na modernização de armamentos. Antes, os policiais atuavam nas ruas da capital e do interior com pistolas PT 40. Este armamento vem sendo substituído por pistolas 9 milímetros, da marca Beretta, de origem italiana. Desde o início do ano, já foram entregues às forças de segurança mais de 7 mil pistolas do novo modelo.

Segurança nos rios

Atuando às margens do rio Solimões, nas proximidades do município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), a Base Fluvial Arpão, lançada em agosto de 2020, é uma grande aliada no combate à criminalidade nos rios do estado.

As vistorias feitas em embarcações, conduzidas por policiais que atuam na Base Arpão, já resultaram em mais de R$ 127 milhões em prejuízo ao crime, além da prisão de cerca de 300 pessoas, da apreensão de mais de 100 armas de fogo e cerca de cinco toneladas de drogas.

Mais agentes

Um dos eixos prioritários do programa Amazonas Mais Seguro é o investimento em recursos humanos. Com isso, o governador Wilson Lima determinou a convocação de 420 policiais militares e 489 bombeiros militares do quadro de saúde, que foram aprovados em concursos públicos realizados em governos passados.

O governador também lançou concursos públicos, com 2,5 mil vagas, para a Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) e SSP-AM.

Infraestrutura e entregas

Desde 2019, o Estado vem reforçando a frota de viaturas, contando atualmente com 1.144 veículos, locados e orgânicos, entre motocicletas e viaturas que auxiliam o trabalho policial.

Como parte dos investimentos do Programa Amazonas Mais Seguro, unidades policiais irão receber obras para melhor andamento dos trabalhos dos servidores da segurança pública.  As obras da área de Segurança incluem a construção e reforma de estruturas na capital e interior do Amazonas.

Em Manaus, o pacote de obras contempla a construção e reforma de várias unidades, como a reestruturação do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC); reforma do Departamento de Inteligência e Flagrantes; do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) e Batalhão da Força Tática; construção do Complexo Pericial do Amazonas; do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP); da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic); e do novo Comando Geral da PMAM.

No interior do Amazonas, o pacote inclui a reforma dos municípios de Parintins, Itacoatiara, Tefé, Codajás, Manicoré, Maués, Boca do Acre e Iranduba.

Apoio irrestrito

“Eu assumi a pasta em agosto do ano passado e coincidiu com o lançamento do programa Amazonas Mais Seguro, com investimento de R$ 280 milhões de entregas de material e também de infraestrutura, de capacitação, são várias ações e vários eixos estratégicos da nossa segurança pública. O governador tem dado um apoio irrestrito à segurança pública aqui do estado do Amazonas”, disse o secretário da SSP, general Carlos Alberto Mansur.

O presidente do Consep e secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Júlio Danilo de Souza Ferreira, falou da importância do evento em Manaus.

“Durante esses dois dias que estamos em Manaus foram discutidos temas de interesse da segurança pública nacional, como a liberdade provisória de criminosos perigosos durante as audiências de custódia. Além disso, a troca de experiências, como aquisição de equipamentos e, ainda, estratégias de atuação também tiveram nossa atenção”, ressaltou.

você pode gostar também