Amazônia 360º News
Portal de notícias socioambientais

-publicidade-

Ipaam encerra Semana do Meio Ambiente com oficina de Inscrição e Retificação do CAR

Instituto recebeu um total de 1.350 participantes nas oficinas oferecidas nesse período

A programação da Semana do Meio Ambiente do Instituto de Proteção do Amazonas (Ipaam) se encerra, nesta quinta-feira (09/06), com a oficina de Inscrição e Retificação do Cadastro Ambiental Rural (CAR). Entre o público presente nas oficinas estiveram gestores públicos, consultores, empreendedores, pesquisadores e estudantes.

A última oficina, ministrada por representantes da Gerência de Controle Agropecuário (GCAP) do Ipaam, foi realizada em dois dias e tratou de questões legais aplicadas na prática, com foco nos processos que são encaminhados ao Instituto.

A analista ambiental da GCAP, Adriana Barbosa, que conduziu a primeira parte da oficina, na quarta-feira (08/06), disse que o objetivo foi aproximar o órgão dos consultores que buscam os serviços do Ipaam, e assim melhorar a qualidade nos processos de solicitação de licenciamento, supressão vegetal, inscrição do CAR e as correções de cadastros.

“Nosso objetivo é demonstrar para eles como funciona a legislação, como é aplicada, e também mostrar, na prática, com ferramentas de GEO, como esses conceitos definidos na legislação são aplicados, para que eles internalizem isso e possam dar melhor assistência, principalmente ao pequeno produtor”, explicou.

Segundo a analista, a baixa qualidade das informações nos cadastros torna os processos de análise mais prolongados.

“Nós percebemos que isso vem de uma falta de entendimento dos consultores, que confundem os conceitos da legislação, por isso não conseguem fazer um cadastro com qualidade. Isso demanda várias análises, várias retificações, até que o cadastro do imóvel possa ir para regularização ambiental”.

Aproximação

O engenheiro florestal Manoel Viana participou de todas as oficinas oferecidas pelo Ipaam durante a Semana do Meio Ambiente e destaca a importância da aproximação dos profissionais com o órgão para melhorar o atendimento dos clientes.

“Participei desde o início das oficinas e foi muito proveitoso, os palestrantes são bem capacitados, e isso só vem aproximar mais os profissionais que atuam na área com o órgão para poder, em conjunto, tomar as decisões mais acertadas para atender melhor nossos clientes e para que eles possam sentir mais segurança no profissional”, disse.

O tecnólogo e funcionário do Incra, Rodrigo Rodrigues da Silva, soube da programação das oficinas por meio das redes sociais.

“A princípio me interessei pela oficina de Etno(Geo)Ambiental, foi muito proveitosa, e vai ser muito bom poder colocar em prática todo o aprendizado adquirido. No Incra já utilizamos bastante as ferramentas de GEO. Essa última [oficina] sobre o CAR veio completar as informações e me aprimorar ainda mais na minha profissão”, relatou Rodrigo.

O estudante de Geografia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Kledson dos Santos, da etnia Munduruku, disse que é muito importante essa troca de conhecimento entre instituição e Universidade.

“Para mim foram muito importantes os temas expostos aqui durante a semana, por se tratarem de mapas com reconhecimento geográfico, tema que é um pouco de difícil acesso para nós. Está sendo muito prazeroso estar aqui e conhecer os analistas de perto. Só tenho a agradecer ao Ipaam e aos demais órgãos, e pretendo voltar sempre que surgirem oportunidades como essa”, afirma o estudante.

Público atendido

O Ipaam teve um total de 1.350 participantes nas oficinas ofertadas durante Semana do Meio Ambiente.

O estande do órgão recebeu 1.042 visitantes, na “Oca do Conhecimento”, evento da Secretaria Municipal de Educação de Manaus (Semed), realizada no Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs).

Além disso, a campanha educativa com o tema “Não ao Turismo de Exploração Animal”, ocorreu em nove flutuantes do Lago de Janauari.

Parintins

O Ipaam também participou de uma ação realizada na última sexta-feira (03/06) pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) de Parintins, que recebeu representantes de instituições públicas para debater a atuação dessas instituições na Política Ambiental. O público participante foi em torno de 150 pessoas.

você pode gostar também