Amazônia 360º News
Portal de notícias socioambientais

-publicidade-

Comunidades rurais de Manaus recebem coletores flutuantes de lixo 

A Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) entregou, três coletores flutuantes de lixo para as comunidades rurais de Manaus na marina do Davi, estrada da Ponta Negra, zona Oeste. Na ocasião, houve a participação dos Garis da Alegria, que fizeram apresentações lúdicas, com músicas autorais sobre o descarte correto dos resíduos, e a equipe da coleta seletiva fez o recolhimento de materiais recicláveis na área.

Com a entrega dos coletores, três comunidades foram beneficiadas: a São Sebastião, a Julião e a Ebenézer, todas localizadas na área rural de Manaus. No total, a Semulsp já entregou sete coletores fluviais incluindo a comunidade Nossa Senhora do Livramento, Nossa Senhora de Fátima, Agrovila e na marina do David. A meta é entregar em todas as comunidades rurais da capital.

O equipamento foi desenvolvido pelos servidores da secretaria e vai ajudar a combater o descarte irregular de resíduos na área. Uma equipe de conscientização ambiental atua no espaço, orientando sobre o descarte correto do lixo e o uso do coletor.

“Os coletores fluviais surgiram na gestão do prefeito David Almeida com o objetivo de combater o descarte irregular dos resíduos nas comunidades. Ainda na administração do ex-secretário Sabá Reis, os servidores tiveram essa ideia, colocaram em prática e produziram os coletores”, explicou o secretário da Semulsp, Altervi Moreira, que acompanhou a entrega.

Gari comunitário 

O gari comunitário realiza, todos os dias, o recolhimento do lixo na comunidade e leva até o coletor flutuante. Em seguida, o material é acomodado em balsas e encaminhado ao aterro sanitário para o descarrego. No local, os resíduos sólidos são compactados e aterrados.

A modalidade de limpeza dos igarapés e orla da cidade retira, em média, 35 toneladas de lixo por dia. Grande parte desses materiais retirados das águas é de garrafas PETs, descartáveis e resíduos domésticos, que poderiam ser reciclados.

O líder da comunidade Ébenezer, Francisco Querino, agradeceu o apoio da Prefeitura de Manaus na coleta dos resíduos da comunidade. “Antes do prefeito David Almeida assumir, nós éramos esquecidos. Hoje, temos o apoio da Semulsp que recolhe todo o lixo da comunidade. Nós só temos motivos para agradecer”, enfatizou.

você pode gostar também