Amazônia 360º News
Portal de notícias socioambientais

-publicidade-

Comitiva Interministerial anuncia avanços do projeto ‘Amazônia Conectada’

Os representantes dos Ministérios da Defesa, Saúde e Educação estiveram reunidos com o vice-chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército, general Decílio Sales, no Comando Militar da Amazônia (CMA), na segunda-feira (21) para falar sobre o andamento das instalações de redes ópticas subfluviais, instaladas nos leitos dos rios para levar internet aos municípios do Amazonas.

As instalações fazem parte do Projeto Amazônia Conectada que já soma 1,2 mil quilômetros de redes ópticas subfluviais no Estado.

O Projeto, porém, tem como objetivo estender as instalações para todas as fronteiras do Amazonas e totalizar 8 mil quilômetros de redes ópticas no Estado.

Segundo o general Decílio Sales, no primeiro semestre de 2021 o Projeto Amazônia Conectada vai beneficiar mais dois municípios do interior Estado que são: Santa Isabel do Rio Negro São Gabriel da Cachoeira.

“Nós aguardamos a publicação de um decreto que transforma esse projeto em programa para atender um acórdão do Tribunal de Contas. Formaliza-se a criação de um comitê gestor, integrado por várias partes, e todo investimento será conduzido por esses comitê”, disse.

O representante do Ministério da Saúde, Carlos Colares, que é assessor técnico de gabinete da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), ressaltou que o Projeto visa o fortalecimento de políticas públicas de inclusão digital da região Amazônica e a interiorização dessas políticas no que tange à Saúde e Educação.

“Poderemos pensar em implementar projetos de telessaúde, diminuir as demandas reprimidas e aumentar a qualidade do atendimento a essas populações que estão mais distantes das capitais”, afirmou.

Atualmente, as redes ópticas alcançam os municípios de Iranduba, Novo Airão, Barcelos, Coari e Tefé. De acordo com Nuno Alves, representante da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), até 2022 os cabos de fibra óptica vão fazer conexão entre a comunidade Vila de Moura, no Amazonas, à cidade de Boa Vista (RR).

Presentes em Manaus

Além de Carlos Colares esteve presente no encontro o representante do Ministério da Educação, Dilermando da Silva.

O general Duizit Brito, representando o Ministério de Defesa, vai estar junto à comitiva do governo federal nesta terça-feira (22), durante a visita ao município de Novo Airão, onde será fiscalizado o funcionamento das instalações das redes de fibra óptica no município.

Sobre o Projeto Amazônia Conectada

O projeto é coordenado pelo Ministério da Defesa, em parceria com os ministérios das Comunicações e da Ciência, Tecnologia e Inovação.

O Exército Brasileiro atua diretamente na engenharia de implantação da infraestrutura para transmissão de dados em alta velocidade. Lançado em 2015, o projeto já recebeu investimento de R$ 70 milhões.

você pode gostar também